As estruturas com vigas protendidas são utilizadas, em geral, para grandes construções. O baixo custo do concreto frente ao aço torna essa estrutura muito competitiva, além de trazer benefícios a longo prazo com menor manutenção.

O artifício da protensão, aplicado ao concreto, consiste em introduzir na viga esforços prévios que reduzam ou anulem as tensões de tração no concreto sob ação das solicitações em serviço. Nessas condições, minimiza-se a importância da fissuração como condição determinante de dimensionamento da viga.

As seções adotadas para peças protendidas derivam da premissa de se suprimir o concreto nas regiões onde ele é menos solicitado, diminuindo, assim, o peso próprio das vigas e seu custo.

As medidas variam de acordo com o projeto.

Vantagens

Reduz as tensões de tração provocadas pela flexão e pelos esforços cortantes. Reduz a incidência de fissuras. Com a protensão, é possível melhorar a capacidade de utilização da peça estrutural e controlar de modo mais eficiente a fissuração, podendo, em alguns casos, até eliminá-la. Reduz as quantidades necessárias de concreto e de aço devido ao emprego eficiente de materiais de maior resistência. Permite vencer vãos maiores que o concreto armado convencional.